Notícia

19/12/2018

Redes de franquias do ramo de sorvetes estão otimistas com faturamento no verão 2019.

Por:  Sua franquia - SP - www.suafranquia.com


Confira as expectativas de vendas da Ice Creamy Sorvetes, Gela Boca e The Shaky para o período

2019 vem aí, com grandes expectativas de retomada de crescimento. Segundo a Fecomércio MG, após um período de recessão, seguido por um 2017 e um 2018 de lento crescimento, a perspectiva é de que a recuperação possa ser acelerada, caso o novo governo consiga implementar as reformas tão debatidas nos últimos anos e ao longo do período eleitoral. Com isso, há setores do franchising que estão otimistas para ano que se inicia, entre eles, o ramo de sorvetes que já começam a sentir os bons resultados do verão.

“Em 2017, observamos uma melhoria generalizada nos indicadores macroeconômicos relacionados ao consumo. Inflação baixa e consequente crescimento da massa salarial real, juros em queda e retomada do emprego, ainda que de forma moderada, foram ingredientes importantes para fomentar a volta do consumo das famílias. No próximo ano, devemos manter o mesmo ritmo, embora haja potencial para uma aceleração. Isso será ditado pela confiança das empresas e consumidores”, resume Guilherme Almeida, economista da Fecomércio MG.
Expectativa de redes de franquias de sorvetes

A Ice Creamy Sorvetes, maior rede de sorvete na pedra do país, já se preparou para o verão. A rede aumentou sua produção em 20% para o verão em sua fábrica própria localizada na cidade de Catanduva (SP), onde são produzidos 3 milhões de litros de sorvete por ano. Com isso, a rede pretende aumentar a produção em 30% em 2019.

O grande diferencial da marca é a experiência de consumo nas lojas, as deliciosas e criativas receitas que incluem o sorvete na pedra, milk-shakes, picolés, banana Split e shake twist. O principal segredo do sorvete na pedra está em uma pedra gelada, onde a massa do sorvete é manipulada durante a adição e mistura dos acompanhamentos. Tudo pode ser escolhido pelo cliente: dos sabores aos mais de 30 acompanhamentos disponíveis.

Com crescimento de 25% no primeiro semestre, a Ice Creamy Sorvetes está em um grande processo de expansão, onde investirá 25 milhões de reais nos próximos cindo anos. O investimento incluirá a expansão da atual fábrica da marca, 50 novas lojas próprias, incluindo uma loja conceito e a internacionalização da rede. Com faturamento de R$ 50 milhões em 2017, a expectativa da rede é dobrar o seu faturamento esse ano, além de atingir a marca de 100 lojas inauguradas em todo o Brasil.

Fundada em 2000, na cidade de Maringá/PR, rede de franquia Gela Boca é focada na venda de picolés com um valor abaixo de R$2 bem como de produtos para um consumidor mais seleto, como a taça de sorvete de nutella com morango, com um valor a partir de R$ 26. Com quase 20 anos no mercado, no último verão, a rede teve um crescimento de 15,95%, e acredita que um dos principais fatores para se diferenciar nesse mercado é o foco nos serviços, na experiência de consumo e o relacionamento com o consumidor.

A expectativa da Gela Boca para 2019 é um crescimento de 20%, com a abertura de pelo menos 8 novas lojas. Segundo Thiago Ramalho, fundador da Gela Boca, com a mudança do hábito de consumo, no qual potes de sorvetes para serem compartilhados cresceram muito mais do que picolés, as pessoas olharão cada vez mais para o sorvete como um lazer, e com isso, ter uma experiência com a família ao dividir um pote ou leva-la a uma sorveteria por exemplo, é algo muito mais em conta do que outras opções, como shopping center, cinema etc. O investimento inicial no modelo de negócios da marca é a partir de R$200 mil, dependendo do ponto comercial escolhido.

Criada em 2015 em Lins, no interior de São Paulo, a The Shaky é um negócio que permite aos clientes montar seu próprio milk shake. É conhecida como uma sorveteria criativa, que desenvolve novos produtos em determinadas épocas do ano. Com oito unidades no Brasil e duas no Paraguai, a empresa teve um faturamento de R$ 3 milhões em 2017. Para ser um franqueado da marca o valor de investimento inicial é de R$ 180 mil.

Por fim, a Gelateria Stuppendo, referência em gelatos no Brasil há 22 anos e presente no mercado do franchising desde 2014, no verão passado obteve o crescimento de 30% em relação aos outros meses do ano e isso deve se repetir em 2019 devido ao produto ser consumido com maior frequente em meses quentes. O pico de vendas na loja de São Paulo, por exemplo, foi de novembro 2017 a fevereiro 2018 (mesmo com um período ainda sendo primavera).

A expectativa para 2019 é muito otimista, já que o previsto é que os meses de dezembro, janeiro e fevereiro sejam mais quentes do que a média para essa época do ano. "Esperamos um aumento nas vendas de cerca 40%" comenta Leonardo Guedes, responsável por franquias da marca. Para se destacar no mercado, a empresa aposta em opções saudáveis de gelatos, além de alternativas para pessoas que não podem consumir lactose, açúcar e glutén. Na produção dos sorvetes são utilizados somente frutas in natura e açúcar orgânico, além de outros ingredientes selecionados de diversas partes do mundo. O processo totalmente artesanal faz toda diferença.

Fonte: ClipEx 
 

PUBLICIDADE

entrevistas

Anuncie aqui